Empreendedorismo Feminino

O aumento do número de mulheres em cargos de chefia ou estratégicos dentro de empresas nos últimos anos é inegável. Apesar de todos os preconceitos e dificuldades que elas enfrentam para avançar em suas carreiras, as mulheres têm assumido cada vez mais posição de destaque no mercado de trabalho.

Uma pesquisa divulgada pelo SEBRAE em 2018, mostra que no período de 2001 a 2011, o número de mulheres empreendedoras cresceu 21%, enquanto o de homens cresceu apenas 9%.

Quando falamos de empreendedorismo, em muitos casos nos limitamos às grandes empresas e projetos, no entanto, é importante compreender que o empreendedorismo feminino vai muito além destes ambientes.

Além do simples ato de empreender, é primordial entender o empreendedorismo feminino como um importante instrumento de transformação social. Muitas pessoas tendem a visualizar que ele é apenas uma variação do empreendedorismo geral.

Esta é uma ideia equivocada, pois o empreendedorismo feminino é necessário na medida em que vai além do tradicional e se configura como um movimento importante para dar força e visibilidade a outras questões relacionadas ao universo feminino.


As mulheres conseguem lidar com os negócios de modo mais afetivo, gerando melhores condições para atendimento e relacionamento com os seus clientes, funcionários e fornecedores.


Essa característica deve ser aproveitada, de modo que toda mulher possa desenvolver as competências que ainda precisam ser desenvolvidas para que mostrem ao mundo que são tão competitivas e capazes quanto os homens.


@cleberbrandao_

3 visualizações

Me siga nas Redes Sociais

Links

Newsletter

Receba atualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

CNPJ 36.995.824/0001-96 CLÉBER BRANDÃO TREINAMENTOS - Todos os Direitos Reservados

whatsapp-suporte-cleber-brandao.png